terça-feira, 23 de maio de 2017

#OlivierAvenida: das melhores esplanadas de Lisboa


Estes finais de tarde de calor e estas noites que já só lembram verão e férias pedem o quê? Sim, isso mesmo: esplanadas! Mais tempo com os amigos, mais "tapas" para picar, mais cocktails ao final do dia e até mais jantares a dois.

E tudo isso podem encontrar no "novo" Olivier da Avenida. Localizado no coração de Lisboa e com uma esplanada super agradável e bastante exclusiva, este novo espaço do chef Olivier surge com um novo fulgor e uma garra acrescida. 

Nem sempre é fácil revitalizar algo que já é bom e nem sempre é fácil assumir que é preciso reinvestir num projeto que é um sucesso. No entanto, é essencial fazê-lo. Porquê? Porque o público é cada vez mais exigente e precisa de ser surpreendido. E isso, garanto-vos que aqui encontram. 


Entre as opções para partilhar há que tirar o chapéu à variada oferta de carpaccios que são ótimos para estes dias e noites mais quentes. E aqui há carpaccios de tudo: melão, peixe branco, foi gras e até uma opção para os estreantes: "o meu primeiro carpaccio". 

Empadinhas de galinha, batatas bravas, cornettos de guacamole, croquetes de morcela e folhado de queijo de cabra dão seguimento a um rol de opções para partilhar e os preços aqui não estão acima da média para o gabarito da casa, oscilando entre os 6 e os 8 euros. 


Para prato principal, o Bife Olivier e a Picanha Wagyu são possivelmente os mais surpreendentes, mas também os mais caros. Mas se é para experimentar, é para experimentar e há pratos que valem cada cêntimo, quase como "once in a life experience".

E como eu sou uma gulosa sem salvação, há que destacar duas sobremesas assim de comer e chorar por mais. A bomba branca é aquela que nos faz salivar só de ler a descrição - gelado de chocolate branco merengado e frutos vermelhos - e na primeira colherada confirma as expectativas. Como é bastante doce e intensa, o ideal é ser para partilhar. A cheesecake de goiaba e hortelã é outra boa surpresa, brindando-nos com bom equilíbrio de sabores e com uma bolacha crocante na base. 



Para a próxima visita, já tenho outra sobremesa escolhida e ando a sonhar com ela: creme brûlée de baunilha bourbon.

E não menos importante, arrisquem num cocktail perfeito para começar ou acompanhar toda a refeição. O Moscow Mule é daquelas bebidas que sabe bem em qualquer altura, mas com este calor ganha uns pontos extra. 

Convenci-vos? Então levem-me com vocês ;)


Sem comentários:

Enviar um comentário