terça-feira, 31 de maio de 2016

Resultado passatempo Odisseias


O passatempo em parceria com a Odisseias já terminou e os cinco vencedores de giftcards no valor de €10 euros estão encontrados. Com este bom tempo é impossível não começar a pensar em usar estes cartões em estadias a dois ou em família, em entradas em parques de diversões ou simplesmente numa massagem. Muitos Parabéns e boas experiências.

1. Maria Bastos Rodrigues

2. Joana Teixeira

3. Luísa Oliveira

4. Marisa Celestino

5. Alexandra Teixeira Reis

domingo, 29 de maio de 2016

Proposta em família: uma manhã no Oceanário


Há mais ou um mês decidimos levar a princesa Leonor ao Oceanário. Imaginámos logo que iria adorar, pois sempre que vamos ao Zoo de Lisboa sai de lá radiante com os animais, tão radiante quanto cansada. Normalmente entra no carro e 'apaga' no momento seguinte tal a exaustão em que se encontra e como ela não é de todo menina para dormir fora da sua zona de conforto, luta contra o sono e só cede quando entra em território conhecido, neste caso o carro. 

Sinceramente, não sei se desta vez foi a princesa ou a mamã e o papá quem saiu mais maravilhado do Oceanário... Eu pessoalmente adorei a paz e tranquilidade que transmite. Se não fossem as dezenas ou centenas de pessoas que lá estavam acho que ainda seria uma experiência mais instrospetiva e zen, mas como decidimos ir a um domingo, não havia forma de fugir às enchentes. Este é mesmo daqueles espaços que associamos de imediato a uma procura constante, seja por parte dos turistas, seja por parte dos portugueses e de todas as idades. 

Antes de entrar, a princesa Leonor só dizia que queria ver as tartarugas, os polvos e imagine-se... as baleias. Saiu um pouco desiludida pela parte da ausência de baleias, mas achou muita piada aos tubarões mais pequenos, às raias e aos peixes em geral. Andava deliciada a correr de um lado para o outro e só se ria quando alguma criatura marinha se aproximava do vidro. Uma espécie de risadas nervosas e meio receosas dada a proximidade, misturadas com o entusiasmo e felicidade. 

Este é mesmo daqueles sítios que recomendo a quem miúdos pequenos. Torna-se numa experiência maravilhosa para fazer em família e garanto que tanto os pais como os filhos saem de lá satisfeitos. Além disso, serve para cansá-los. Ou seja, dá para trazê-los em silêncio e a dormir no banco de trás.

A par destas visitas familiares, o Oceanário de Lisboa tem ainda um programa educativo, em parceria com as escolas portuguesas, que já abrangeu mais de 800 mil alunos e que continua em expansão com o objetivo de incentivar a descoberta das maravilhas dos nossos oceanos e estimular comportamentos de prevenção da Natureza.

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Três meses de baby Pedro e o regresso ao trabalho no pensamento

Crédito: Victor Ramos

Hoje o meu príncipe faz três meses. Noventa e um dias e mais de duas mil horas de muitas descobertas e muitas noites mal dormidas, mas também de muito amor e mimos. 

Sinto que deixámos finalmente aquela fase do come, dorme e chora e que entrámos numa etapa nova com mais sorrisos (de ambas as partes) e mais interações. Nota-se bem que o baby Pedro já sabe perfeitamente quem somos e sorri e palra para nos demonstrar isso mesmo. Quando a mana se mete com ele já olha para ela com mais atenção e sorri e quando o pai fala é impossível não tentar imitar as suas expressões e sons. 

Mas a verdade é que a sua paixão (nada secreta) sou eu. Quando vamos no carro ou a passear os seus olhos não me deixam por um segundo e assim que sorrio ou falo com ele, abre aquele sorriso enorme e até parece que os seus olhos brilham. Para qualquer mãe, este é daqueles momentos em que é impossível não sorrir secretamente (ou não) de orgulho e felicidade. Sentimos que somos o centro do Universo, pelo menos o centro do Universo de alguém e logo de alguém que também é uma parte significativa do nosso próprio Universo.

No entanto, esta evolução e crescimento do baby Pedro também significa que a contagem decrescente para o regresso ao trabalho não pára de se aproximar do fim. Faltam precisamente dois meses para voltar às rotinas a que já estava habituada antes do seu nascimento, mas com o acréscimo de ter mais um bebé para deixar e ir buscar ao colégio. Mais um bebé para mimar e cuidar quando regresso do trabalho cansada e às vezes com pouca paciência. Às vezes quase que penso o quanto adorava que estes meses se prolongassem um pouco mais para poder acompanhá-los com mais tempo de qualidade. 

Poder assistir de perto aos primeiros passos, à primeira sopa; ouvir as suas primeiras palavras e sentir os seus primeiros abraços; ter tempo para simplesmente vê-los a brincar e poder levá-los a passear ou ao parque sem restrições de horários; organizar as suas festas de aniversário sem andar numa roda viva de gestão apertada de tempo; e conseguir preparar jogos e atividades didáticas e lúdicas... tudo coisas tão boas, mas tão raras nos dias que correm. Quase que dá vontade de colocar a carreira em modo 'pause' para poder desfrutar destes momentos tão únicos e especiais na vida de qualquer mulher e mãe. Mas a verdade é que as contas por pagar não entram no mesmo modo de 'pause' e o trabalho não espera pelo nosso regresso impávido e sereno.

E enquanto não me sai o Euromilhões, acho que não me resta outra solução se não mentalizar-me que o regresso às rotinas laborais está à distância de dois meses e que é bom que consiga encontrar uma agenda bem organizada para que nada falhe nesta nova fase da minha vida familiar a quatro.

quarta-feira, 25 de maio de 2016

#Ecorkhotel: um fim de semana literalmente no meio do campo


Este fim de semana viajámos rumo às planícies alentejanas para conhecer o Ecorkhotel, em Évora. O desafio lançado pela Odisseias não podia ser mais perfeito para uma família de 'alentejanos' que adora o campo e o contacto com a Natureza. E este fim de semana o computador da mãe ficou em casa. Só houve mesmo espaço para mimos e brincadeiras.

A princesa Leonor ficou completamente rendida à piscina panorâmica e à 'varanda' da suite que fica literalmente junto às oliveiras e às flores campestres e selvagens, descobriu que gosta de queijo fresco alentejano e aproveitou para visitar os tios que vivem em Évora. 


Já o baby Pedro passou a maior parte do tempo em modo zen, o que foi ótimo para descansar um pouco do choro constante que é a sua e a nossa vida, e eu aproveitei para dar um pulo à piscina e pôr as brincadeiras em dia com a minha princesa linda. 

Só mesmo o papá Rui é que teve mais azar no fim de semana, ou não fossem as alergias dar o ar da sua graça, ou direi antes desgraça. Normalmente a fase mais complicada de pólens é no início de maio, mas como este ano São Pedro tem estado bipolar com picos de esquizofrenia, parece que essa fase foi adiada precisamente para estes dias mais quentes. 


Entre os pontos positivos deste espaço, destaque para o pequeno-almoço buffet com fruta fresca e variada; a piscina panorâmica localizada no primeiro andar do edifício central; o spa com piscina interior; a zona lounge toda em tons claros e com uma pequena fonte a imitar as antigas que eram usadas tanto pelos habitantes como para dar água aos animais; e ainda o sistema super ecológico e amigo do ambiente que vai desde a cortiça que reveste o edifício central até aos materiais usados na construção das suites e os painéis solares. 

Entre as críticas construtivas fica apenas um reparo: a minha princesa tinha adorado ter um canal de desenhos animados português, fosse ele o Panda, o Baby TV ou o Disney. Teria sido a cereja no topo do bolo para aqueles momentos em que estamos a vestir ou a despir o mano, a dar-lhe de mamar ou simplesmente a dar-lhe banho ('btw' era tão bom ter banheira e não apenas duche).


Sugestão para jantar em Évora: podem optar por comer no hotel que dispõe desse serviço, mas se preferirem passear pelo centro da cidade e gostarem de cozinha japonesa, não é difícil acabarem no Samurai. O preço do buffet oscila entre os 9 euros e pouco do almoço e os 12 ou 13 euros do jantar e tem uma extensa variedade de sushi, sashimi e tempuras, assim como pratos grelhados, gelados em sistema self-service para a sobremesa e pudins, gelatinas e bolos variados. Além disso, é tão grande que deve ser difícil não encontrar mesa mesmo sem pré-reserva. 

Paragens obrigatórias em Évora: o Templo de Diana e a Praça do Giraldo para passear, a tradicional Capela dos Ossos (€3 adultos) e as esplanadas do pátio do Museu do Relógio (junto ao Giraldo) para comer um gelado ou beber um café. Se tiverem tempo, podem ainda dar um pulo à vila medieval de Monsaraz que fica a cerca de 50km, onde podem desfrutar de uma vista panorâmica sobre o Alqueva, ver os cromeleques e menires e visitar as tradicionais olarias de São Pedro do Corval, vila considerada a capital ibérica do barro.

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Passatempo: oferta de cinco cartões presente no valor de €10 cada em experiências Odisseias


Com o Verão à porta é impossível não começarmos a pensar nas férias e em experiências de sonho. Em parceria com a Odisseias, o Marcas Avant-Garde vai oferecer cinco giftcards no valor de 10 euros cada que podem ser usados em qualquer experiência à escolha. Há mesmo algumas propostas que podem ficar a custo zero se aproveitar as promoções flash, por exemplo, de entradas em parques temáticos como o Aquashow ou o Zoomarine; massagens; espetáculos; e workshops. No entanto, também usá-los para reduzir o valor final de estadias em hotéis.

Para participar basta partilhar este passatempo numa rede social, colocar gosto na página de Facebook do Marcas Avant-Garde e da Odisseias e preencher o formulário abaixo com os seus dados. O passatempo termina no próximo domingo, dia 29 de maio, e os vencedores serão sorteados de forma aleatória via Random. 

Boa sorte e boas férias!


sexta-feira, 20 de maio de 2016

O que não pode faltar num bom brunch familiar?


Eu sou um pouco suspeita porque adoro queijo, mas no último brunch a que fui tive a confirmação de que é um dos produtos mais polivalentes numa cozinha. Seja para doces ou salgados, entradas ou sobremesas, para um simples lanche ou para um brunch em família, o queijo está sempre presente. E até mesmo para quem gosta de manter a linha, há opções bem saudáveis como é o caso do queijo fresco. 

E a novidade que vos trago hoje é precisamente a nova linha de queijos frescos em barra da Montiqueijo. Esta marca 100% portuguesa e de tradição familiar, lançou esta semana para o mercado três sabores de queijo fresco - tradicional, tomate e manjericão e alecrim - num formato familiar ideal para os brunches com miúdos e graúdos. 


Além deste produto ser ótimo consumido de forma simples com pão ou com tostinhas, por exemplo, ainda há um sem número de alternativas super saborosas para a sua utilização. A chef Justa Nobre foi desafiada pela marca a confecionar um vasto brunch com um apontamento de queijo em todos os pratos, que incluíam um lollipops de frango e queijo cobertos com sementes de sésamo e papoila, pudins, bolos de chocolate, patés e mini quiches. Tudo delicioso, diga-se de passagem!


quinta-feira, 19 de maio de 2016

Quando fingimos que estamos a dormir só para ele fazer o mesmo


Sabem aqueles bebés que adormecem em qualquer sítio, esteja barulho e luz ou não? Infelizmente os meus nunca foram assim e ainda hoje a minha princesa, com quase três anos, raramente adormece sem ser em casa ou no carro. E quando começa a ficar com a birra do sono só pede para ir rapidamente para casa dormir, depois acaba por fazê-lo a caminho no carro, mas nunca na cadeirinha de passeio ou no colo da mamã ou do papá.

E por este andar, parece-me que vou ter a mesma 'sorte' com o baby Pedro. Primeiro eram as cólicas que o atormentavam e não o deixavam descansar nem de dia, nem de noite, depois passou uma fase de adaptação ao suplemento que além das cólicas lhe provocava obstipação e o sofrimento ainda era maior. Felizmente, agora, que caminha para os três meses, já tem menos cólicas, deixou de vez o suplemento e o trânsito intestinal ficou regularizado. Mas mesmo assim dormir não é com ele.

Adora adormecer no colo - como qualquer um, tão pequeninos e já tão espertinhos - mas assim que sente está a ser mudado para o berço abre os olhos e já não volta a dormir, a não ser que regresse para o colo. Chora com tamanha determinação e lágrimas que por mais que pensemos que ele vai acabar por ceder e adormecer, a verdade é que isso não acontece e acabamos por tirá-lo do berço e voltar a adormece-lo e às vezes temos mais sorte na segunda tentativa do que na primeira.

Quando finalmente adormece eu só rezo para que demore muito a acordar e, às vezes, sou solidária com ele e faço de conta que eu própria estou a dormir. Outras vezes vou espreitá-lo ao berço pé ante pé para que ele não me oiça nem me veja para evitar que ele mude de ideias sobre a sesta. Com o cansaço valem todas as estratégias para o pôr a dormir ou para o manter nesse estado por mais do que 15 minutos. Imagino que haja por aí umas quantas mães que me entendem perfeitamente...

quarta-feira, 18 de maio de 2016

#Dia da Criança: coisas giras para os nossos príncipes e princesas

O Dia da Criança está a poucas semanas de distância e de certeza que as mamãs e os papás já andam a pensar na prenda perfeita para os seus príncipes e princesas. Fiz uma seleção com algumas sugestões giras, mas ao mesmo tempo úteis, pois cada vez mais é importante mostrarmos aos mais pequenos que não devemos gastar demasiado em coisas que não são essenciais. 

Além da roupa e do calçado, há ainda espaço para brinquedos didáticos como os Lego (ótimos até para os pais) e que podem ser usados tanto pelos irmãos como pelas irmãs. 


1. Conjunto t-shirt e calções by Jumbo Moda - €16,99;
2. Chinelos da Reef - €19,90;
3. Pulseira em prata da Magnólia - €35;
4. Vestido com padrão tropical da Zippy - €12,99
5. Botas Palladium - €64,95;
6. Lego Duplo;
7. Ténis Keds, edição especial Barbie - €44,90;
8. Macacão em algodão da Zippy - €15,99

O que fazem enquanto estão a amamentar?


Antes de ser mãe achava que dar de mamar era algo tão natural e simples que dispensava grandes teorias e muito menos manual de instruções. Lembro-me como se fosse hoje de dar de mamar pela primeira vez à princesa Leonor e confirmar essa perspetiva. Passei a noite com a sensação maravilhosa de ter aquele ser junto a mim e feliz da vida porque parecia ser tão simples. Tão simples como eu sempre achei que seria. 

Mas no dia seguinte acordei literalmente para um pesadelo. Dores intensas e gretas tornaram-se numa rotina e dar de mamar perdeu toda a magia que tinha aos meus olhos. Cada vez que ela começava a chorar com fome o meu pensamento era só um: «já tem fome outra vez?». Era um desespero tão grande que só me apetecia desistir e começar a dar-lhe biberão. 

E foi nesses momentos que percebi que tinha de me distrair para que a experiência deixasse de ser tão dolorosa e perturbadora até para a minha princesa. Na altura ainda não havia Instagram, ou se havia eu não tinha conta, e tão pouco era uma utilizadora dependente do Facebook ou de outra qualquer rede social. Por isso, lembro-me que via séries na TV e aproveitava para jogar um qualquer jogo no telemóvel ou no tablet. Era assim que aquele momento passava...

Hoje, felizmente tenho menos dores e a experiência de amamentar transformou-se num momento mais tranquilo e natural e agora é a vez de me perder pelo mundo das redes sociais. Instagram e Facebook, a par de algumas séries e filmes, são possivelmente as minhas maiores distrações durante a amamentação. E vocês o que costumam fazer neste momento? E as vossas mães e avós o que faziam? Certamente que não se distraiam com telemóveis, computadores ou tablets... aproveitavam esse tempo bem melhor do que nós, simplesmente a contemplar o príncipe ou princesa e a enchê-lo(a) de mimos e atenção.

terça-feira, 17 de maio de 2016

A #receitaperfeita para snacks saudáveis e deliciosos


O Lidl desafiou-me a conhecer melhor alguns dos seus produtos biológicos que vão estar esta semana em destaque nas lojas e fiquei completamente apaixonada pelas bolachas de arroz biológicas com cobertura de chocolate de leite e côco. A acompanhar esta verdadeira delícia de origem orgânica aproveitei para experimentar o leite Milbona Bio e ainda uns morangos de origem 100% nacional.

A grande vantagem do consumo deste género de produtos é bastante simples: zero pesticidas e uma maior sustentabilidade ecológica e social. A par destes produtos, esta gama biológica e elaborada à base de soja disponibiliza ainda bolachas com espelta, iogurtes e pudins de soja. 

Delicious!

Fatos-de-banho perfeitos para recém-mamãs (e não só)

Estive a espreitar as novidades de swimwear do Jumbo Moda e as propostas são simplesmente perfeitas para quem (como eu) ainda tem de perder uns quilinhos pós-baby, mas sem esquecer a elegância e a sensualidade.

Além dos fatos-de-banho básicos em preto e outros com padrões mais arrojados, há a opção de 'fato-de-banho' em duas peças perfeito para quem ainda tem uns pneuzinhos para disfarçar.

Fato-de-banho - €17,99

Conjunto de top + cueca - €17,99

Fato-de-banho preto - €9,99

Fato-de-banho com print de penas - €17,99

E para quem não precisa de se preocupar em 'esconder' a barriga há biquínis com modelos bem giros com folhos, cores vibrantes, estampas tropicais e étnicas e ainda em versão mix&match.

Biquíni rebuçado - €14,99

Biquíni folho - €17,99

Biquíni sporty - €12,99

Além da linha de biquínis e fatos-de-banho, há também toda uma gama de acessórios, malas, vestidos, saias e tops super trendy e a preços sempre apetecíveis.



sábado, 14 de maio de 2016

O que fazia eu com o tempo antes de ser mãe?

Quando andamos na escola pensamos sempre que não temos tempo para nada. Entre saídas com os amigos, estudar para os testes e exames, ajudar em algumas tarefas da casa (por obrigação) e praticar algum desporto, sobra tão pouco tempo...

No entanto, quando entramos no mercado de trabalho começamos a mudar de opinião e pensamos que afinal é agora que não temos tempo para absolutamente nada. Sentimos saudades dos três meses de férias grandes e até do Natal e da Páscoa com duas semanas de descanso cada; das tardes na esplanada a falar sobre nada em concreto; das horas perdidas às compras; e das viagens e dos momentos de lazer com os amigos que entretanto também têm horários mais apertados e menos tempo na agenda para marcar saídas.


E então quando compramos ou arrendamos casa e começamos a ter de cortar no orçamento de forma mais séria porque há tantas contas para pagar vemos que esse é de certeza o momento mais complicado ao nível da gestão do tempo. Entre tarefas domésticas porque já não há a mãe para fazer e uma empregada fica fora do orçamento; horários longos de trabalho; e folgas que nem sempre coincidem com o fim de semana, o tempo escasseia e torna-se num bem tão, mas tão valioso e raro...

Mas a verdade é quando somos mães que as coisas mudam radicalmente. Até aqueles momentos que reservávamos só para nós, aqueles em que optávamos por simplesmente não fazer nada ou para dar um pulo ao cinema ou ir à manicura ou ao cabeleireiro tornam-se difíceis de concretizar. Aí sim, a agenda estica, passamos a fazer duas ou mesmo três tarefas ao mesmo tempo e sempre com aquele ser maravilhoso debaixo de olho; dormir transforma-se num verdadeiro luxo; e em vez de entrarmos nas lojas diretamente para a secção de mulher, desviamos-nos para a de bebé. 


Passamos a ferro enquanto vemos o nosso príncipe ou princesa a brincar e ainda aproveitamos para ver aquela série que gravámos há um mês. Aproveitamos que o nosso bebé lindo (mas chorão) está a dormir para tomar um duche rápido ou para trabalhar no computador. Atualizamos o Facebook e o Instagram enquanto damos de mamar e ir ao supermercado torna-se quase numa experiência de spa revigorante. 

E é nesse momento em que pensamos: «o que fazia eu com o tempo antes de ser mãe? É que agora ele estica...»

PS: Para escrever este post - em dois momentos, com um intervalo para dar de mamar - aproveitei que a princesa estava a dormir a sesta e que ele estava entretido no tapete de atividades... isto antes de querer mamar.

quarta-feira, 11 de maio de 2016

#Artistry: resultado do passatempo do Dia da Mãe


Apesar do Dia da Mãe já parecer uma memória longínqua, sabe bem pensar que ainda o estamos a prolongar um pouco mais através do passatempo em parceria com a Artistry. 

A vencedora de um creme super hidratante da nova gama Hydra-V é a Lúcia Brandão que escolheu o creme nutritivo que é o mais polivalente da gama por estar adequado a todo o tipo de peles e poder ser usado em qualquer altura do ano. 

Muitos Parabéns Lúcia e obrigada a todos pelas muitas participações que nos fizeram chegar!

sábado, 7 de maio de 2016

#Keds: os sneakers para princesas que sabem o que querem


Foi há um século que a Keds criou um clássico americano: os primeiros sapatos com sola de borracha super silenciosos e que por isso mesmo foram apelidados de 'sneakers', termo que vem da palavra 'sneak' que significa espreitar. 

O estilo clássico conquistou de imediato as estrelas de Hollywood e 100 anos depois continua a fazê-lo com celebridades como Taylor Swift como imagem da marca e com coleções de ténis da sua autoria. 


No entanto, a Keds não é apenas para celebridades, é para todas as mulheres que traçam o seu próprio destino e que tomam as rédeas da sua vida, a começar nas pequenas princesas, como a minha. Estes não são sapatos de corrida, mas sim para correr o mundo, como dizem alguns dos slogans da linha 'Ladies First since 1916'.


Eu e a minha princesa estamos completamente rendidas a estes modelos clássicos. É impossível não adorar vê-la a andar e a dançar com os novos Keds <3


sexta-feira, 6 de maio de 2016

Deichmman SS16: a primeira sunset party da princesa Leonor

Crédito: Rui Valido

A primeira sunset party da minha princesa foi tudo menos tranquila. Costumo dizer que ela é uma daquelas crianças que conquista como nenhuma outra não só porque consegue ser um doce, mas sobretudo porque é tão imprevisível como o tempo tem sido nos últimos dias, ou não fosse ela uma gémeos de signo. 

Mas não perdendo o raciocínio, era uma sexta-feira e eu já lhe tinha dito que a ía buscar ao colégio e que depois íamos ter uma festa só de 'raparigas'. O mano ficava com os avós e com o pai e nós íamos ter um tempinho só para nós. Adorou a ideia e quando cheguei à escola estava super feliz e empolgada por causa da sua primeira sunset party, mesmo com chuva e zero sol...

Crédito: Rui Valido

Ainda fiquei na dúvida se ia ou se voltava para trás por causa do tempo e do possível trânsito ao fim de tarde de uma sexta-feira, mas pensei que merecíamos uns momentos só nossos. Assim que entrei na N117 a caminho de Lisboa, o trânsito estava parado nos dois sentidos e ela diz de uma forma muito tranquila: «Mamã vamos à festa amanhã... hoje vamos para casa, sim?». Gelei e fiquei sem reação. Acho que se voltasse para trás ia demorar mais tempo a chegar a casa do que a Lisboa e foi isso mesmo que lhe tentei explicar, mas um pouco em vão... estava obstinada: queria ir para casa.

Crédito: Rui Valido

Acabei por ter de respirar fundo 20 vezes, mudar de assunto, distraí-la com os carros e a paisagem, dizer-lhe que estávamos quase a chegar a Lisboa que era onde trabalhava a mãe e o pai e entre pára e arranca lá conseguimos chegar à Rua Rosa Araújo e estacionar perto do PortoBay Hotel Liberdade. 

Crédito: Rui Valido

Já na festa da Deichmman e mesmo com toda a gente a tentar meter-se com ela para lhe roubar um sorriso preferiu ficar sentada e sem dar grandes confianças a ninguém... a sua primeira sunset party resumiu-se a comer pipocas e a receber uns sapatos super giros e confortáveis que está farta de usar nas férias, mas só porque acha que são da pequena sereia. Tudo estratagemas para lhe dar a volta, é que ela é daquelas crianças que acha sempre que basta ter um par de sapatos, um gorro, umas calças e uma t-shirt... mais do que uma peça igual é um verdadeiro desperdício aos seus olhos. Era tão bom que chegasse à adolescência com o mesmo pensamento, mas cheira-me que vai ser aí que vai querer ter o seu primeiro closet ahahaha.


Aqui ficam ainda mais algumas novidades da Deichmman para a Primavera/Verão:




quinta-feira, 5 de maio de 2016

Conselhos para evitar acidentes nas escadas rolantes

Crédito: bebe123.com.br

Quantas vezes não vemos crianças a andarem sozinhas (sem vigilância) nas escadas rolantes e/ou nos tapetes rolantes? E quando os pais vão ao lado, mas estão demasiado distraídos com um conversa ao telemóvel ou a publicarem uma qualquer foto no Instagram ou no Facebook que nem sequer reparam se os mais pequenos estão a circular em segurança? Mas pior do que isso é mesmo quando são os próprios pais que os incentivam a brincar enquanto sobem ou descem e que andam aos saltinhos ou no sentido oposto ao da circulação? 

Confesso que são daquelas situações que mexem comigo e me deixam inquieta e preocupada. Fico sempre a pensar no que pode acontecer e lembro-me sempre de notícias de acidentes graves com crianças em escadas rolantes. Por vezes, uma fatura demasiado elevada para uma 'simples' distração dos pais, não?

Este fim de semana, com muita pena minha, não estou por Lisboa para assistir aos workshops da Thyssenkrupp que visam precisamente sensibilizar pais e filhos para os perigos das escadas e tapetes rolantes e incentivá-los a adotarem comportamentos mais seguros e responsáveis. Estas ações que decorrem nos dias 7 e 8 de maio no Oeiras Parque, destinam-se a crianças entre os 6 e os 12 anos e têm por objetivo ensinar algumas regras para a boa utilização das escadas rolantes. 


Aqui ficam alguns dos conselhos que nunca são demais relembrar:

- Não encostar ou deslizar no corrimão;
- Ter especial atenção na entrada e saída da escada rolante;
- Não colocar os pés nos rodapés;
- Manter-se dentro das linhas amarelas e no centro do degrau;
- Não transportar carrinhos, por exemplo, de compras ou de bebés;
- Manter a roupa, mãos e pés afastados das partes móveis e ter cuidado com os atacadores;
- Não sentar nos degraus ou no tapete;
- Lembrar-se que as escovas não servem para limpar os sapatos;
- Ter cuidado com o calçado de borracha como são os chinelos ou os crocs tão usados no verão;
- Segurar a mão de um adulto;
- Não descer ou subir as escadas no sentido inverso.

domingo, 1 de maio de 2016

Resultado do passatempo 10 agendas Firmo


O passatempo do Dia da Mãe em parceria com a Firmo  terminou e já temos os 10 vencedores selecionados via Random. 

Muitos Parabéns e um Feliz Dia da Mãe :)

1. Sara Santos
2. Mazé Moura
3. Raquel Pinho
4. Delfim Maya
5. Isabel Weber
6. Dina Martins
7. Cristina Santos
8. Tânia Manteigas
9. Verónica Caraça
10. Sandra Bettencourt